site OKNA
Filme A Primeira Morte de Joana
Ficção

A Primeira Morte de Joana


Digital 2019 100 min


Sinopse

Joana, 13 anos, quer descobrir por que sua tia-avó faleceu aos 70 sem nunca ter namorado alguém. Ao encarar os valores da comunidade em que vive no Sul do Brasil, ela percebe que todas as mulheres da sua família guardam segredos, o que traz à tona algo escondido nela mesma.

O segundo longa-metragem da premiada cineasta gaúcha Cristiane Oliveira foi filmado em novembro e dezembro de 2018, na bela região de lagoas do Rio Grande do Sul, com locações nas cidades de Osório e Santo Antônio da Patrulha. A paisagem foi escolhida em razão da transformação pela qual passou entre 2006 e 2007 com a instalação de um enorme parque eólico. A PRIMEIRA MORTE DE JOANA faz um mergulho, com tons fantásticos, no universo de uma jovem de 13 anos que vive os questionamentos típicos do início da adolescência. Enquanto ela experimenta essa fase de transições e descobertas, uma grande usina eólica é construída na pacata cidade em que vive, em meio às lagoas do sul do Brasil.

Destaques

Ainda na etapa de projeto, o longa já encontrou espaço no mercado internacional. Em 2018 foi selecionado, dentre mais de 300 projetos do mundo todo, para participar do Co-production Market, evento com foco em mercado do Festival de Berlim. Antes disso, a proposta havia sido contemplada no edital de desenvolvimento do Fundo Setorial do Audiovisual.

Na sua trajetória de viabilização, o longa foi contemplado no edital do BNDES (na linha de produção de longas que priorizam o reconhecimento artístico e técnico no mercado internacional) e no FAMA-Fundo Avon de Mulheres no Audiovisual, prêmio que busca incentivar e valorizar a produção audiovisual feita por mulheres. Além disso, contou com o apoio da produtora associada francesa Epicentre Filmes.

Estreou internacionalmente no 51º International Film Festival of India, em janeiro de 2021.